Empresa

Trabalhando juntos para prevenir o suicídio

Por Twitter Brasil
Segunda-feira, 10 Setembro 2018

Todo ano, no dia 10 de setembro, a prevenção do suicídio é discutida globalmente para que haja mais conscientização em torno do assunto. Reconhecendo a importância da iniciativa, o Twitter lança em diversos mercados ao redor do mundo, em parceria com a Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio (WSPD, pela sigla em inglês), um emoji especial em apoio à data com o símbolo oficial da campanha - um laço. As pessoas poderão visualizar a imagem ao Tweetar com as hashtags #DiaMundialDaPrevençãoDoSuicídio, #PrevençãoDoSuicídio, #WSPD2018 e #SetembroAmarelo entre os dias 7 e 16 de setembro.

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.

Em linha com os esforços conjuntos relacionados ao tema, também passamos a disponibilizar na plataforma o #ExisteAjuda, um novo serviço de notificação. O objetivo é prover suporte aos usuários que possivelmente estejam em situação de risco de suicídio, encorajando-os a procurar auxílio de entidades competentes na área. Na prática, quando uma pessoa fizer uma busca no Twitter por termos associados a suicídio ou automutilação, o primeiro resultado, apresentado no topo da lista, será uma notificação incentivando a pessoa a procurar apoio. No caso do Brasil, a notificação trará detalhes de contato do Centro de Valorização da Vida (CVV - @CVVoficial), entidade parceira do Twitter no país.

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.

“O Twitter tem demonstrado preocupação e envolvimento com a causa da prevenção do suicídio no Brasil, dando exemplo para outras organizações. O #ExisteAjuda deve acrescentar ainda mais nesse sentido, fazendo o CVV chegar próximo a pessoas que talvez desconhecessem o serviço, ou mesmo nem pensassem ser possível pedir ajuda para evitar o suicídio. São mais de 30 brasileiros mortos diariamente vítimas do suicídio, o que demonstra que ações como esta são urgentes e necessárias. O CVV atua gratuita e voluntariamente há 56 anos, e sabemos muito bem que quebrar os tabus em relação ao suicídio exige coragem e força de vontade”, afirma Adriana Rizzo, voluntária e porta-voz do CVV.

O perfil do CVV também receberá do programa ‘Ads For Good’ créditos gratuitos para que possa veicular anúncios no Twitter.

O serviço está disponível na versão do Twitter para dispositivos móveis. Futuramente, o recurso chegará para o desktop. Além do Brasil, o #ExisteAjuda é novidade em países como Alemanha, Reino Unido, Irlanda, Espanha, Hong Kong e Austrália. A ferramenta já existe nos Estados Unidos, Japão e Coreia.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), quase 800 mil pessoas morrem por suicídio a cada ano - uma pessoa a cada 40 segundos. O suicídio é a segunda principal causa de morte entre os jovens de 15 a 29 anos no mundo.

A prevenção do suicídio continua a ser um desafio complexo. No Twitter, acreditamos que a discussão sobre saúde mental requer a participação de todas as esferas - pública, privada e sem fins lucrativos - e reconhecemos que temos o papel e a responsabilidade de contribuir para que as pessoas no Brasil tenham acesso a suporte quando mais precisam.

As várias comunidades presentes na plataforma atuam como fonte de apoio e encorajam pessoas em situação de risco de suicídio ou automutilação a buscar ajuda profissional. Além disso, há um número crescente de organizações focadas em saúde mental oferecendo serviços importantes por meio de canais e plataformas digitais. As ONGs, por exemplo, têm a possibilidade de se conectar a diversos públicos - sobretudo aos mais jovens.

O Twitter disponibiliza um formulário dedicado a pessoas que conhecem ou identificam alguém que possa estar em situação de risco de suicídio ou automutilação. As denúncias são avaliadas por uma equipe de profissionais especializados, que informa o usuário sobre o relato recebido, fornece os recursos disponíveis e incentiva a procura de ajuda.

Nossa Central de Ajuda disponibiliza informações para pessoas que estejam em situação de risco de suicídio ou automutilação e, também, para quem conhece alguém que possa estar nessa condição.

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.