Empresa

Construindo regras publicamente: nossa nova abordagem para mídia sintética e manipulada

Por Twitter Brasil
Terça-feira, 4 Fevereiro 2020

É nossa responsabilidade criar regras no Twitter que sejam justas e estabeleçam expectativas claras para todos em nosso serviço. Por isso, anunciamos no ano passado nosso plano de colher, mais uma vez, opiniões ao redor do mundo sobre como abordaríamos a mídia sintética e manipulada. Hoje, compartilhamos o que constatamos e como esse processo ajudou a moldar a atualização das Regras do Twitter, incluindo de que forma trataremos esse conteúdo quando o identificarmos e como essas mudanças ficarão visíveis para as pessoas que utilizam o nosso serviço.

O que aprendemos?

A partir de uma pesquisa sobre nosso esboço inicial desta regra, além de Tweets que incluíam a hashtag #TwitterPolicyFeedback, reunimos mais de 6.500 respostas e comentários de pessoas de todo o mundo. Também consultamos um grupo global diversificado da sociedade civil e de especialistas e acadêmicos sobre nossa abordagem preliminar. De forma geral, as pessoas reconhecem a ameaça que a mídia alterada com o intuito de enganar representa e querem que o Twitter faça algo a respeito. Aqui estão algumas das principais constatações:

  • O Twitter deveria me fornecer mais informações: mais de 70% das pessoas que usam o Twitter globalmente disseram que "não tomar nenhuma medida" em mídias alteradas de forma enganosa seria inaceitável. Os entrevistados foram quase unânimes no apoio ao Twitter em fornecer informações ou contextos adicionais sobre os Tweets que possuem esse tipo de mídia.
  • Este tipo de conteúdo deveria conter um aviso: cerca de 9 entre 10 pessoas disseram que colocar um aviso ao lado de conteúdo significativamente alterado seria aceitável. É basicamente o mesmo número de pessoas que disseram que seria aceitável alertar as pessoas antes que elas Tweetassem mídias alteradas com o intuito de enganar. Em comparação com colocar avisos, os entrevistados manifestaram um pouco menos de apoio à remoção ou ocultação de Tweets que contenham mídia alterada de forma enganosa. Por exemplo: 55% dos entrevistados nos EUA disseram que seria aceitável remover toda essa mídia. Quando solicitados a se manifestar livremente sobre a regra proposta, as pessoas que se opunham à remoção de todas as mídias alteradas manifestaram preocupação com o impacto na liberdade de expressão e censura.
  • Se há a possibilidade de causar danos, deveria ser removido: mais de 90% das pessoas que deram respostas apoiam o Twitter em remover esse conteúdo quando ficar claro que a intenção é causar qualquer tipo de dano.
  • Deveria haver aplicação das regras ao compartilhar este conteúdo: mais de 75% das pessoas acreditam que as contas que compartilham mídia alterada de forma enganosa devem enfrentar a aplicação das regras. As ações poderiam incluir a exclusão do Tweet ou a suspensão da conta.

Qual é a nova regra?

Você não pode compartilhar deliberadamente mídias sintéticas ou manipuladas que possam causar danos. Além disso, podemos incluir avisos em Tweets contendo mídia sintética e manipulada para ajudar as pessoas a entender a sua autenticidade, bem como fornecer contexto adicional.

Usaremos os seguintes critérios para considerar Tweets e mídia para inclusão de avisos ou remoção sob esta regra:

A mídia é sintética ou manipulada?

Ao determinar se a mídia foi significativa e deliberadamente alterada ou fabricada, alguns fatores que consideramos incluem:

  • Se o conteúdo foi substancialmente editado de uma maneira que altere fundamentalmente sua composição, sequência, tempo ou enquadramento;
  • Qualquer informação visual ou auditiva (como novos trechos de vídeos, áudios com superposição de sons ou legendas modificadas) que foi adicionada ou removida; e
  • Se a mídia representando uma pessoa real foi fabricada ou simulada.

A mídia é compartilhada de maneira enganosa?

Também consideraremos se o contexto em que a mídia é compartilhada pode resultar em confusão ou mal-entendido ou sugere intenção deliberada de enganar as pessoas sobre a natureza ou a origem do conteúdo, por exemplo, alegando falsamente que retrata a realidade.

Também avaliamos o contexto fornecido por toda a mídia, por exemplo:

  • O texto do Tweet que a acompanha ou o da própria mídia
  • Metadados associados à mídia
  • Informações sobre o perfil da pessoa que compartilha a mídia
  • Sites vinculados ao perfil da pessoa que compartilha a mídia ou ao Tweet que compartilha a mídia.

O conteúdo pode afetar a segurança pública ou causar sérios danos?

Os Tweets que compartilham mídia sintética e manipulada estão sujeitos a remoção sob esta política se houver probabilidade de causar danos. Alguns danos específicos que consideramos incluem:

  • Ameaças à segurança física de uma pessoa ou grupo;
  • Risco de violência em massa, confusão ou tumulto;
  • Ameaças à privacidade ou capacidade de uma pessoa ou grupo de se expressar livremente ou participar de eventos cívicos tais como: perseguição ou atenção indesejada e obsessiva; conteúdo direcionado que inclui tropos, epítetos ou material que visa silenciar alguém; supressão ou intimidação dos eleitores.

Como isso aparecerá no Twitter?

Se considerarmos que a mídia compartilhada em um Tweet foi alterada ou fabricada de maneira significativa e enganosa, forneceremos um contexto adicional ao Tweet. Isso significa que poderemos:

  • Aplicar um aviso ao Tweet;
  • Mostrar um aviso antes que as pessoas Retweetem ou curtam o Tweet;
  • Reduzir a visibilidade do Tweet no Twitter e/ou impedir que seja recomendado; e ou
  • Fornecer explicações ou esclarecimentos adicionais disponíveis, como uma página com mais contexto.

Na maioria dos casos, executaremos todas as ações acima nos Tweets em que incluirmos avisos.

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.

Nossas equipes começarão a incluir avisos nos Tweets com esse tipo de mídia em 5 de março de 2020.

Será um desafio, e cometeremos erros ao longo do processo - agradecemos a sua paciência no decorrer do caminho. No entanto, estamos comprometidos em fazer bem feito. A atualização de nossas regras com a colaboração pública e com participação democrática continuará sendo essencial para nossa abordagem.

Estamos trabalhando para servir à conversa pública e fazer nosso trabalho abertamente, junto com as pessoas que usam nosso serviço.

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.