Empresa

Intensificando nosso trabalho para proteger a conversa pública em torno do #coronavirus

Por Twitter Brasil
Sexta-feira, 6 Março 2020

Recentemente, revisamos nossa política de viagens para garantir nossa participação nos esforços globais de contenção relacionados ao coronavírus (Covid-19). Em conjunto, toda a empresa está intensificando seus esforços internos e externos para construir parcerias, proteger a conversa pública, ajudar as pessoas a encontrar informações oficiais de saúde, levantar fundos de ajuda e contribuir com suporte de publicidade pro bono para garantir que as pessoas recebam a mensagem certa, da fonte certa.

Com uma massa crítica de organizações especializadas, contas oficiais do governo, profissionais de saúde e epidemiologistas em nosso serviço, nosso objetivo é elevar e ampliar, o máximo possível, as informações oficiais de saúde.

Expansão global do prompt de pesquisa Covid-19

Lançado seis dias antes da designação oficial do vírus em janeiro, continuamos a expandir nosso recurso dedicado de prompt de pesquisa para garantir que, quando você for ao serviço para obter informações sobre a Covid-19, encontre um conteúdo confiável e oficial no topo da sua experiência de pesquisa. Monitoramos consistentemente a conversa no serviço para garantir que as palavras-chave - incluindo erros de ortografia comuns - também gerem o prompt de pesquisa.

Em cada país em que lançamos a iniciativa, fizemos parceria diretamente com a agência nacional de saúde pública ou a Organização Mundial de Saúde (@OPASOMSBrasil). O prompt de pesquisa proativa está em vigor com parcerias locais oficiais em aproximadamente 50 países ao redor do mundo, com países do Oriente Médio e Norte da África e África Subsaariana sendo lançados até o final desta semana.

Eles incluem: Argentina, Austrália, Áustria, Bolívia, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Dinamarca, República Dominicana, Equador, El Salvador, Finlândia, França, Alemanha, Guatemala, Honduras, Hong Kong, Índia, Indonésia , Irlanda, Itália, Japão, Malásia, México, Holanda, Nova Zelândia, Nicarágua, Noruega, Panamá, Paraguai, Peru, Filipinas, Cingapura, Coréia do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Taiwan, Tailândia, Reino Unido, Uruguai, EUA, Venezuela, Vietnã.

Protegendo a conversa

O poder de um serviço unicamente aberto durante uma emergência de saúde pública é claro. A velocidade e a natureza sem fronteiras do Twitter apresentam uma oportunidade extraordinária para divulgar e garantir que as pessoas tenham acesso às informações mais recentes de fontes especializadas em todo o mundo.

Para apoiar essa missão, nossa equipe global de Trust & Safety continua com sua abordagem de tolerância zero em relação à manipulação da plataforma e quaisquer outras tentativas de abusar dos nossos serviços neste momento crítico. No momento, não estamos vendo esforços coordenados significativos de manipulação da plataforma em torno desses problemas. No entanto, permaneceremos absolutamente vigilantes e investimos substancialmente em nossas habilidades proativas para garantir que as tendências, a pesquisa e outras áreas comuns do serviço sejam protegidas contra comportamentos maliciosos. Como sempre, também damos boas-vindas ao compartilhamento de informações construtivo e aberto de governos e acadêmicos para promover nosso trabalho nessas áreas - estamos nisso juntos.

Suporte #AdsForGood e proteções adicionais

Com base em nossa Política de Conteúdo Inapropriado, vamos interromper qualquer tentativa dos anunciantes de usar oportunamente o surto da Covid-19 para segmentar anúncios inadequados. Entidades governamentais que desejam disseminar informações de saúde pública terão permissão para promover anúncios na Covid-19.

Além disso, estamos enviando créditos do Ads for Good a organizações sem fins lucrativos para garantir que elas possam criar campanhas de verificação de fatos e obter informações de saúde respeitáveis ​​para o público mais amplo possível. Por exemplo, como parte da Rede Internacional de Verificação de Fatos (IFCN / @factchecknet), apoiamos a organização espanhola @maldita_es e @malditobulo, que se empenham em mitigar o impacto da desinformação no discurso público por meio de técnicas de verificação de fatos e jornalismo de dados. Na Ásia, firmamos parceria com o Taiwan Fact Checking Center (@taiwantfc), que usa o Twitter para se conectar aos verificadores de fatos da IFCN em todo o mundo via #CoronavirusFacts. Eles estão trabalhando em tempo real para encontrar informações confiáveis ​​e boatos de desmistificação em chinês.

Aprofundando nossas parcerias

Nossa equipe de Políticas Públicas Globais possui linhas de comunicação abertas com relevantes interessados globais, incluindo a Organização Mundial de Saúde, várias organizações governamentais e de saúde pública globais e funcionários relevantes em todo o mundo, para garantir que possam solucionar problemas de conta, verificar seus especialistas e procurar aconselhamento estratégico, enquanto usam o poder do Twitter para mitigar danos.

Também mantemos contato próximo com nossos colegas do setor e participamos de todas as reuniões multifuncionais relevantes. Como um serviço exclusivamente aberto, nossos dados estão sendo usados ​​em pesquisas todos os dias e nosso centro de pesquisadores está disponível ao público. Nós acolhemos aplicações no uso dos dados do Twitter para apoiar a pesquisa na Covid-19. Também exploraremos outras parcerias #DataForGood para avaliar como nossos produtos de dados podem aprimorar o entendimento acadêmico e de ONGs sobre emergências de saúde pública agora e no futuro.

Desempenhando nossa parte através de doações correspondentes

Criamos uma página de campanha interna dedicada à Covid-19 por meio de nosso programa de doação de funcionários para apoiar a resposta humanitária e os esforços de assistência em todo o mundo. Qualquer funcionário do Twitter pode doar para organizações sem fins lucrativos relevantes, e o Twitter corresponderá a doações de até US$ 2.000 por funcionário.

O que você pode fazer?

Procurando conselhos sobre a melhor forma de usar o Twitter em momentos como este? Siga @OPASOMSBrasil e o Ministério da Saúde (@minsaude) - procure as informações de saúde autorizadas e ignore os ruídos. Caso veja algo suspeito ou abusivo, nos informe imediatamente. Mais importante, pense antes de Tweetar. Por meio do Twitter Moments, selecionamos conteúdos de formato mais longo que ajudam a contar a história completa do que está acontecendo em torno da Covid-19 globalmente. Para educadores e pais, consulte nosso guia de alfabetização de mídia, construído em parceria com a @UNESCO, aqui.

Estamos absolutamente comprometidos em fazer nossa parte e vamos continuar fornecendo atualizações substanciais à medida que essa situação evoluir. Para mais, siga @TwitterSafety e @Policy.

Para ver todas as iniciativas do Twitter em resposta a COVID-19, entre no site covid19.twitter.com.

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.