Empresa

Relatório de diversidade e inclusão - Março de 2020

Por ‎@d_lux_brand‎‎
Quarta-feira, 11 Março 2020

No Twitter, temos olhado para os próximos anos como um período de atualização de nossa abordagem ao tema da diversidade e inclusão. Mas antes de falar em futuro, queremos compartilhar alguns resultados que tivemos nesta frente no ano passado.

  • Aumento da representatividade de mulheres, negros e latinos em nossa força de trabalho;
  • 47,1% dos novos contratados foram mulheres (1,4 ponto percentual acima de 2018);
  • 15,7% dos novos contratados nos EUA foram negros ou latinos (3,4 pontos percentuais acima de 2018);
  • Um em cada três funcionários participa de pelo menos um grupo de afinidade (grupos de funcionários que se unem para suprir a empresa com informações sobre os desafios e preocupações comuns, criando um ambiente seguro para uma conversa aberta sobre as dificuldades e superações de cada grupo - como mulheres, negros e comunidade LGBTQ, por exemplo).

Esses avanços foram alcançados durante um período de rápida expansão global do Twitter, o que torna o progresso especialmente significativo.

Nossa visão para o futuro

Estamos em uma jornada para ser a empresa de tecnologia mais diversificada e inclusiva do mundo. Com o início de uma nova década, desenhamos um roteiro dos passos que devemos dar para chegar lá.

Começamos com duas questões:

  1. O que seria necessário fazer para colocar essa visão em prática?
  2. Quanto tempo isso levaria?

Estudamos outras empresas, avaliamos o cenário setorial e analisamos de perto a parte interna da empresa. Compartilhamos a seguir algumas conclusões deste trabalho:

As mulheres representam atualmente 42,5% de nossa força de trabalho; estamos comprometidos para fazer com que até 2025 pelo menos metade da nossa força de trabalho global seja formada por mulheres. Queremos que as mulheres sejam representadas em diferentes áreas do negócio globalmente, por isso também estabelecemos metas para representatividade em funções técnicas (42%) e de liderança (41%).

Esse é um objetivo ambicioso com um cronograma igualmente audacioso, mas que podemos e devemos alcançar juntos.

Também estamos estabelecendo novas metas ousadas para os Estados Unidos. Até 2025, nosso compromisso é que pelo menos um quarto de nossa força de trabalho nos EUA seja composta por minorias sub-representadas, mais especificamente negros, latinos, nativos americanos, pessoas do Alasca ou do Havaí e multirraciais. Atualmente, essa parcela está em 14,8%. Além disso, pela primeira vez, divulgaremos publicamente no fim deste ano nosso progresso na representatividade da força de trabalho de veteranos militares, pessoas LGBTQ e pessoas com deficiência. Esses esforços refletem a abordagem mais inclusiva que estamos adotando no cultivo de uma força de trabalho verdadeiramente diversa nos EUA.

Por que definir metas?

Nós estabelecemos metas para o que é importante - e diversidade e inclusão são extremamente relevantes para o Twitter. Embora o estabelecimento de metas tenha sido um ponto polêmico nesta área, sabemos que os objetivos-alvo de representatividade funcionam, porque já vimos isso na prática.

A introdução de metas de representatividade na força de trabalho foi um catalisador para o aumento do investimento, o alinhamento organizacional, a transparência e a responsabilidade em relação ao tema. Mais importante, isso ajudou a impulsionar o progresso: desde que as metas de representatividade na força de trabalho foram introduzidas, em 2018, nossa representatividade global de mulheres aumentou 4,1 pontos percentuais e, nos Estados Unidos, também houve aumento na representatividade de negros (2,4 pontos percentuais) e latinos (1,5 ponto percentual).

Nossa jornada juntos

O caminho a seguir envolve a todos nós. Por isso, estamos lançando um programa global de contratação inclusiva para promover um avanço de representatividade na nossa força de trabalho ao redor do mundo. Além disso, queremos trazer os grupos de afinidade para cada vez mais perto do negócio e está em nossos planos a implementação de um programa de inclusão em fornecedores, incluindo mais comunidades e regiões.

Também passaremos a fornecer atualizações trimestrais sobre nossos números relacionados a diversidade e inclusão aqui. No fim do ano, compartilharemos um relatório abrangente sobre todas as atividades que contribuíram para nosso progresso em 2020.

Acreditamos que a transparência contribui para o aumento da responsabilidade - entre nós e com a sociedade. Convidamos você a acompanhar nosso progresso e nos dizer o que você pensa. O que você quer ouvir de nós no próximo ano?

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.