Empresa

Trabalhando juntos para prevenir o suicídio

Por Twitter Brasil
Terça-feira, 10 Setembro 2019

Todo ano, no dia 10 de setembro, a prevenção do suicídio é discutida globalmente para que haja mais conscientização em torno do assunto. Reforçando o apoio à causa, o Twitter lança em diversos países, em parceria com a Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio (International Association of Suicide Prevention), um emoji com o símbolo oficial da campanha.

Qualquer pessoa poderá visualizar a imagem ao Tweetar com as hashtags #DiaMundialDaPrevençãoDoSuicídio, #PrevençãoDoSuicídio, #SetembroAmarelo e #WSPD2019.

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.

Em linha com os diversos esforços conjuntos relacionados ao tema, também disponibilizamos na plataforma o #ExisteAjuda, serviço de notificação já ativo em 11 países, incluindo o Brasil, e que em 2019 estreia em mais quatro mercados. O objetivo é dar suporte às pessoas que possivelmente estejam em situação de risco de suicídio ou automutilação, encorajando-as a procurar auxílio de entidades competentes na área. Na prática, quando alguém fizer uma busca no Twitter por termos relacionados ao assunto, o primeiro resultado, apresentado no topo da lista, será uma notificação incentivando a procura por apoio. No Brasil, a notificação mostra os contatos do Centro de Valorização da Vida (CVV - @CVVoficial), entidade parceira do Twitter no País.

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.

O perfil do CVV também receberá do programa Ads For Good créditos gratuitos para que possa promover e ampliar o alcance de seus conteúdos no Twitter, dando mais visibilidade à data e ressaltando sua importância.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), quase 800 mil pessoas morrem por suicídio a cada ano, sendo esta a segunda principal causa de morte entre os jovens de 15 a 29 anos no mundo.

A prevenção do suicídio continua a ser um desafio complexo. No Twitter, acreditamos que a discussão sobre saúde mental requer a participação de todas as esferas - pública, privada e sem fins lucrativos - e reconhecemos que temos o papel e a responsabilidade de contribuir para que as pessoas no Brasil tenham acesso a suporte quando mais precisam.

As várias comunidades presentes na plataforma atuam como fonte de apoio e encorajam pessoas em situação de risco de suicídio ou automutilação a buscar ajuda profissional. Além disso, há um número crescente de organizações focadas em saúde mental oferecendo serviços importantes por meio de canais e plataformas digitais. As ONGs, por exemplo, têm a possibilidade de se conectar a diversos públicos - sobretudo aos mais jovens.

O Twitter possibilita também que pessoas alertem sobre alguém que possivelmente esteja em situação de risco de suicídio ou automutilação por meio de um formulário. As denúncias são avaliadas por uma equipe de profissionais que informa o usuário sobre o relato recebido, fornece os recursos disponíveis e incentiva a procura de apoio. Além disso, a Central de Ajuda da plataforma traz mais informações sobre o assunto.

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.