Empresa

Como as pessoas usam o Twitter para se informar e debater sobre política

Por
quinta-feira, 30 junho 2022

O Twitter é o lugar onde as pessoas encontram, acompanham e participam de conversas sobre assuntos de seu interesse, incluindo política e, mais especificamente, eleições. Uma pesquisa* realizada a pedido do Twitter aqui no Brasil mostrou, por exemplo, os tipos de perfis mais seguidos pelas pessoas que querem se informar sobre temas políticos, os motivos pelas quais elas usam o Twitter para este fim e como tem sido o seu hábito de checar a veracidade de informações publicadas no serviço. 

Veja as conclusões desse estudo:

Quando perguntadas sobre os principais papéis desempenhados pelo Twitter na sociedade brasileira, as pessoas que usam o Twitter citaram, espontaneamente:

  • como fonte de informação e notícias (⅓ dos respondentes);
  • e uma rede de opinião e debates (¼).
Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.

Ao perguntarmos sobre conteúdos políticos, essas pessoas responderam, espontaneamente, que os grandes diferenciais do Twitter em relação às outras plataformas são: oferecer mais espaço para debater e expressar opiniões (27% dos respondentes) e a quantidade e velocidade da informação disponível no serviço (14%).

Para 60% dos entrevistados que usam o Twitter, as informações relacionadas a política publicadas na plataforma têm relevância. Entre os assuntos de conversas relacionadas a política, os de maior interesse são: saúde (69%), educação (69%), economia (64%), segurança (62%) e emprego (62%), com os perfis de jornais e jornalistas sendo os mais seguidos por quem quer se informar sobre o tema.

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.

A característica do Twitter de envolver vozes e opiniões diversas na conversa sobre política é um diferencial importante para as pessoas que usam o serviço:

  • 59% das pessoas gostam de saber a opinião de outras sobre assuntos que envolvem política;
  • 47% consideram que opiniões diversas relacionadas a política são válidas e o Twitter deve servir para garantir a liberdade de expressão; 
  • 61% das pessoas que citam o Twitter como fonte confiável de informações sobre política, atribuem isso ao fato de o Twitter apresentar diferentes pontos de vista.
Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.

O Twitter ajuda muita gente a entender o que está acontecendo de mais importante – 36% das pessoas que usam o serviço no Brasil acessam a plataforma logo pela manhã para estar por dentro da "pauta do dia". E essa busca não é apenas por atualizações, mas também por informações que sejam de qualidade, considerando que 86% das pessoas checam sempre ou às vezes se as informações que veem no serviço são verdadeiras. Para isso, elas pesquisam em fontes diversas, como veículos de imprensa e agências de checagem de fatos, se há mais menções à mesma informação. 

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.

O compartilhamento de informações encontradas no Twitter é um hábito para 6 em cada 10 das pessoas, em especial as que usam o Twitter com mais frequência e aquelas que acompanham conteúdos políticos. Para as pessoas que usam o Twitter, ele é a principal plataforma para o consumo de conteúdos políticos, sendo que 45% delas afirmam usar muito o serviço para este fim. 

No que diz respeito às eleições, as pessoas gostariam de ver no Twitter: as principais propostas dos candidatos (51%), debates entre candidatos (43%) e acompanhamento dos resultados das eleições (43%).

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.

Você pode compartilhar alguns desses dados usando este link e acompanhar as novidades sobre o tema ao seguir @TwitterBrasil e @TwitterSeguroBR

Além disso, como anunciamos em abril deste ano, o Twitter tem uma série de iniciativas para proteger a qualidade e a integridade das conversas sobre eleições, assim como para manter as pessoas informadas sobre nossos esforços nesse sentido. Veja mais em nossa página especial de eleições na Central de Ajuda. 

*O levantamento foi realizado pelo time de pesquisa do Twitter no Brasil em parceria com a Mind Miners com dados de junho de 2022. Foram entrevistadas pessoas maiores de 18 anos, pertencentes às classes ABC de todas as regiões do Brasil.

Este Tweet está indisponível
Este Tweet está indisponível.